Livros de Interesse


Anais do IV Encontro Ibero-Americano sobre Investigações em Ensino de Ciências

Pedidos: Disponível para download neste link

Apresentação

Os EIBIECs – Encontros Ibero-americanos de Investigação Básica em Ensino de Ciências – têm por objetivo a apresentação e discussão de trabalhos e linhas de pesquisa básica, entendida como produção de conhecimentos, em ensino de ciências, no âmbito ibero-americano.

O I EIBIEC foi realizado na Universidade de Burgos, Espanha, de 18 a 21 de setembro de 2002, promovido conjuntamente pelo Programa Internacional de Doutorado em Ensino de Ciências (PIDEC/UBU/UFRGS, Burgos, Espanha) e pela Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI/UFRGS/Porto Alegre, Brasil).

O segundo e o terceiro EIBIECs ocorreram também na Universidade de Burgos, de 21 a 24 de setembro de 2004 e de 14 a 18 de setembro de 2009, respectivamente, organizados novamente pelo PIDEC e pela IENCI.

Este IV EIBIEC, cujos Anais estão aqui sendo apresentados, foi realizado em Porto Alegre, Brasil, no Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), de 3 a 7 de dezembro de 2012, promovido não só pelo PIDEC e pela IENCI, mas também pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física da UFRGS.

Nestes Anais do IV EIBIEC constam a programação, a relação de participantes e os textos das conferências e trabalhos apresentados. O download pode ser feito aqui.

Marco Antonio Moreira
Concesa Caballero Sahelices
Jesus Meneses Villagrá

Atividades experimentais no ensino de Física. Uma nova visão baseada na teoria de Vigostski.

Pedidos: http://www.livrariadafísica.com.br

Apresentação

A atividade experimental em Física tem estado ausente da maioria das nossas escolas, mesmo naquelas que dispõem de laboratórios bem equipados. Para o autor, essa realidade se deve muito mais às dificuldades pedagógica para o seu desenvolvimento do que à existência de recursos materiais para realizá-las Nas últimas décadas, em numerosos países, a atividade experimental em Física passou por diversas modalidades metodológicas. A proposta deste livro é apresentar uma síntese da teoria pedagógica de Lev Vigotski, ressaltando a validade do resultado de suas pesquisas quando confrontadas com as recentes pesquisas em neurociência e, em seguida, apresentando propostas de atividades apoiadas nos princípios pedagógicos desse pensador.

Alberto Gaspar

Ciência na transição dos séculos. Conceitos, práticas e historicidade.

ISBN 978-85-232-1243-8
323 p.

Pedidos: http://www.edufba.br

Apresentação

Uma análise do panorama da ciência entre o final do século XX e o início do século XXI parece sugerir que estão em curso mudanças de tal monta que a própria natureza deste empreendimento social - a ciência moderna desenvolvida a partir do século XVII - estaria em transformação. Por ciência moderna tomemos, grosso modo, aquela produzida nos últimos quatro séculos e associada aos nomes de Galileu, Newton, Lavoisier, Darwin, Einstein e muitos outros, bem como à prática da produção da ciência naqueles períodos. As mudanças seriam tanto no terreno dos conceitos quanto de seus pressupostos epistemológicos, além do terreno da sua prática, em especial em sua relação com os instrumentos científicos, a tecnologia, a inovação e a sociedade.

Olival Freire Júnior
Ileana María Greca
Charbel Niño El-Hani

A pesquisa em ensino de Ciências no Brasil e suas metodologias

ISBN 978-85-7429-973-0
437p.

Pedidos: http://www.editoraunijui.com.br

Apresentação

Metodologia de pesquisa é um tema importante na formação de professores e pesquisadores e muito se tem discutido sobre a adequação e pertinência de abordagens quantitativas e qualitativas no ensino de Ciências. Neste texto procuramos ir além desse debate e das controvérsias a ele vinculadas, apresentando exemplos de abordagens metodológicas coerentes e frutíferas que vêm sendo empregadas por experientes grupos de pesquisa brasileiros que têm contribuído para o crescimento da pesquisa em ensino de Ciências no país.

Flávia Maria Teixeira dos Santos
Ileana María Greca

Aprendendo ciência e sobre sua natureza: abordagens históricas e filosóficas

Pedidos: eprestes@ib.usp.br

Apresentação

O livro Aprendendo ciência e sobre sua natureza: abordagens históricas e filosóficas foi organizado por Cibelle Celestino Silva, do Instituto de Física da USP de São Carlos (IFSC-USP), e Maria Elice Brzezinski Prestes, do Instituto de Biociências da USP (IB-USP).

A obra contém uma coletânea de 38 trabalhos da interface entre história, filosofia e sociologia da ciência e o ensino de ciências, relacionados a uma ampla gama de temas que refletem a riqueza de pesquisas desenvolvidas no Brasil e no exterior. Escritos em português, espanhol e inglês, os capítulos do livro discutem, ao longo das suas 562 páginas, seis grandes temas distribuídos em episódios históricos, tópicos de filosofia e sociologia da ciência, natureza da ciência, aplicações em sala de aula, materiais instrucionais, formação de professores e currículo. O conjunto fornece perspectivas teóricas e práticas diversificadas para a promoção da utilização da História, Filosofia e Sociologia da Ciência na formação em ciências, no ensino básico e superior.

Cibelle Celestino Silva e Maria Elice Brzezinski Prestes

Física de partículas: uma abordagem conceitual & epistemológica

ISBN 9788578611132
Páginas: 143

Pedidos: http://www.livrariadafisica.com.br

Apresentação

Estamos em pleno século XXI, mas a Física ensinada na escola é a do século XIX. Um verdadeiro absurdo. Por mais importante que seja a Mecânica Newtoniana dentro da Física, começar por ela o ensino da Física, e desde uma perspectiva formalista, tem sido um grande fracasso. Só não reconhece quem não quer. Faria muito mais sentido e seria muito mais motivador se a física do ensino médio fosse mais conceitual se abordasse Física Moderna e Contemporânea.

Marco Antonio Moreira

Aprendizagem significativa: a teoria e textos complementares

ISBN 9788578611118
Páginas: 179

Pedidos: http://www.livrariadafisica.com.br

Apresentação

Este livro reúne uma coletânea de artigos sobre aprendizagem significativa. O primeiro deles apresenta, na visão do autor, uma descrição da teoria clássica da aprendizagem significativa tal como proposta por David Ausubel em 1963 e por ele reiterada em 2000. Os demais já foram apresentados em congressos ou publicados em periódicos. Dois deles buscam destacar o papel indispensável da linguagem e da interação social na aprendizagem significativa, particularmente em episódios de ensino. Três outros tratam de instrumentos facilitadores da aprendizagem significativa propostos por Ausubel ou por continuadores do seu trabalho: os organizadores prévios, os mapas conceituais e os diagramas V.

Marco Antonio Moreira

Metodologias de pesquisa em ensino

ISBN 9788578611101
Páginas: 242

Pedidos: http://www.livrariadafisica.com.br

Apresentação

Este livro é uma recompilação de textos de apoio sobre metodologias de pesquisa em ensino, particularmente de ciências. Foram escritos para serem usados independentemente uns dos outros. Por consequencia, apresentam certas superposições. O primeiro capítulo é mais abrangente, enfocando tanto aspectos quantitativos como qualitativos da metodologia da pesquisa em ensino. O segundo trata somente de métodos qualitativos enquanto o terceiro se ocupa apenas de métodos quantitativos. O quarto, por sua vez, aborda a redação de trabalhos científicos, já que a pesquisa deve sempre gerar publicações científicas. Ainda que alguns tópicos possam estar repetidos nos diferentes capítulos, os textos são complementares e podem auxiliar na diferenciação progressiva de alguns conceitos.

Marco Antonio Moreira

Epistemologias do Século XX

ISBN: 978-85-12-79150-0
Formato: 15,5 x 21,5 cm
Páginas: 208

Pedidos: http://www.epu.com.br

Apresentação

Este livro é, basicamente, uma coletânea de textos, cada um deles apresentando, de modo introdutório, uma epistemologia da ciência, ou seja, uma teoria do conhecimento científico. Embora, classicamente, o conceito de epistemologia se aplique ao estudo e validação do conhecimento humano, em geral, aqui o estamos empregando como se referindo ao estudo do conhecimento científico.
É importante considerar que são pequenas monografias, textos iniciais e, como tal, destacam apenas aspectos principais da postura de cada epistemólogo. Para uma visão mais completa de suas concepções epistemológicas, é preciso, necessariamente, recorrer às obras básicas citadas ao final de cada texto.
Cabe também destacar que são textos independentes, de modo que cada um pode ser lido, ou usado como material instrucional, independentemente dos demais. Por isso, não são exatamente capítulos.

Marco Antonio Moreira e Neusa Teresinha Massoni

Teorias de Aprendizagem
ISBN: 978-85-12-32180-6
Formato: 15,5 x 21,5
Páginas: 248

Pedidos: http://www.epu.com.br

Apresentação

Teorias de aprendizagem é assunto importante para professores em exercício e em formação. As estratégias de ensino, enfoques didáticos, materiais instrucionais, reformas curriculares sempre subjazem teorias de aprendizagem. Por exemplo, há alguns anos falava-se muito em tecnologia educacional, definição operacional de objetivos, reforço positivo, instrução programada. Hoje, o ensino deve ser construtivista e facilitar a aprendizagem significativa. Deve, também, estar centrado no aluno e levá-lo a aprender a aprender.
Quais são as teorias subjacentes a estas ideias comportamentalistas, em uma época, cognitivistas e humanistas em outras? Por exemplo, o behaviorismo de Skinner, o construtivismo de Piaget, a aprendizagem significativa de Ausubel e Novak, o humanismo de Rogers? Estas e muitas outras “teorias de aprendizagem” estão enfocadas, de maneira bastante acessível, neste livro.
Diferentemente de outros livros sobre teorias de aprendizagem, nos quais as teorias não aparecem claramente definidas, este apresenta cada uma delas de maneira separada e independente das demais. Se o leitor estiver interessado apenas em uma ou outra teoria, poderá ir diretamente a ela sem ter que passar por nenhuma outra. Esta é uma característica desta obra que a torna extremamente versátil não só para o leitor isolado, mas também em cursos sobre teorias de aprendizagem ou de fundamentação teórica para a metodologia do ensino e para a pesquisa em ensino/aprendizagem. O professor desses cursos poderá selecionar, dentre as várias teorias, aquelas que interessam aos seus objetivos, sem ter que se preocupar com as demais.

Marco Antonio Moreira

Teoria Quântica - Estudos históricos e implicações culturais
ISBN 978-85-7879-060-8
ISBN 978-85-7861-092-0
Formato: 17 x 24cm
Páginas: 454

Pedidos: Editora da Universidade Estadual da Paraíba
http://eduepb.uepb.edu.br
e-mail: eduepb@uepb.edu.br

Apresentação

A presente obra - Teoria quântica: estudos históricos e implicações culturais - é uma coletânea de trabalhos que exploram aspectos da história dessa teoria científica, desde sua criação aos desenvolvimentos ulteriores, incluíndo a controvérsia sobre os seus fundamentos e sobre suas implicações filosóficas e culturais. Discute também problemas relacionados à pesquisa sobre o ensino e a difusão cultural dessa teoria, bem como os usos, e abusos, que aí podem aparecer.

Olival Freire Jr.
Osvaldo Pessoa Jr.
Joan Lisa Bromberg

Ensino superior: bases teóricas e metodológicas
ISBN: 978-85-12-30830-2
Formato: 15,5 x 21,5 cm
Páginas: 228

Pedidos: Editora Pedagógica e Universitária
www.epu.com.br
vendas@epu.com.br

Apresentação

Para ensinar é fundamental saber os conteúdos que se pretende que os alunos aprendam significativamente. Mas não é suficiente. É preciso saber como ensiná-los. Paradoxalmente, em particular no ensino superior, não se dá muita atenção ao como ensinar. O resultado é, de parte dos alunos, uma aprendizagem grandemente mecânica, memorística, sem significado, esquecida logo após as provas e, de parte dos professores, uma frustração ou um fechar de olhos para o problema.

Por que, então, não procurar subsídios teóricos e metodológicos para organizar o ensino de modo que através dele se busque promover uma aprendizagem significativa? É justamente isso que se propõe esse livro. Trata-se de uma coletânea de textos, escrtos em linguagem acessível, sobre teorias de aprendizagem e estratégias de ensino para que professores organizem, e mudem, suas práticas docentes. Não são receitas, são ideias, subsídios, sugestões, aplicáveis ao ensino presencial ou a distância.

Marco Antonio Moreira
Eliane Angela Veit

Mapas conceituais e aprendizagem significativa
ISBN 978-85-7928-005-4

Pedidos: Editora Centauro
www.centauroeditora.com.br
editoracentauro@terra.com.br

Apresentação

Este é um livro para quem quer trabalhar com mapas conceituais a fim de facilitar a aprendizagem de conceitos.

Diferentemente de muitos esquemas, ou diagramas, comumente chamados de mapas conceituais, por não envolverem fórmulas matemáticas ou formalismos equivalentes, neste livro mapas conceituais são abordados como mapas de conceitos e relações entre conceitos.

São dados inúmeros exemplos de mapas conceituais em diferentes áreas do conhecimento, nas perspectivas de ensino, da avaliação da aprendizagem e da análise de conteúdo curricular.

São também dadas sugestões de como utilizar mapas conceituais na sala de aula como instrumentos facilitadores da aprendizagem significativa.

Essa aprendizagem depende do conhecimento prévio do aprendiz, de sua intencionalidade para aprender e da captação de significados. Mapas conceituais podem ajudar a levar em conta o conhecimento prévio do aluno e nele criar a predisposição para aprender, mas são muito úteis, sobretudo, na negociação que leva à captação de significados.

Além de exemplificar os mapas conceituais e discutir seu papel na aprendizagem significativa este texto também busca distingui-los de outros diagramas conceituais.

Marco Antonio Moreira

La teoría del aprendizaje significativo en la perspectiva de la psicología cognitiva
Edición Digital ISBN 978-84-9921-084-1
Edición Impresa ISBN 978-84-9921-290-4
Formato 17 x 24 cm. 223 pp.

Pedidos: Editorial Octaedro
http://www.octaedro.com

Apresentação

La Teoría del Aprendizaje Significativo es uno de los posibles acercamientos que, guiado por la psicología cognitiva, se plantea qué es lo que ocurre cuando un individuo procesa información y la convierte en conocimiento.

Esta obra analiza algunas de las teorías más relevantes que tratan los procesos implicados en la cognición: la Teoría de los Modelos Mentales (Johnson-Laird), la Teoría de los Campos Conceptuales (Vergnaud) y la Teoría del Aprendizaje Significativo (Ausubel). Las dos primeras son aproximaciones teóricas que pueden constituir un marco de referencia cognitivo, más actual, de los principios expuestos por Ausubel, en los que se centra esta obra. En resumen, el objetivo de estos ensayos es procurar una visión conjunta de todos estos constructos teóricos para facilitar su comprensión y aplicación, una relectura e interpretación cognitiva contemporánea de una etiqueta tan usada y manida como es la del aprendizaje significativo, que favorezca su uso coherente tanto en el aula como en la investigación en educación.

Mª Luz Rodríguez Palmero

A Teoria da Aprendizagem Significativa - Sua Fundamentação e Implementação
134 págs.
ISBN 9789724040400

Pedidos: Editora Almedina
www.almedina.net
editora@almedina.net

Apresentação

Neste livro, os autores baseiam-se nas suas experiências para apresentar um tratado conciso sobre os fundamentos epistemológícos necessários para compreender a aprendizagem significativa e uma visão geral cuidadosa das ideias-chave e das práticas necessárias para alcançar altos níveis de aprendizagem significativa e de compreensão nas escolas e nas universidades.

Este livro pode servir como um guia conveniente para todo o educador que procura compreender melhor o poder da aprendizagem significativa e que procura novos caminhos para melhorar o ensino que tem por finalidade elevar os esforços dos aprendizes para se tornarem autónomos.

Jorge António Valadares
Marco Antonio Moreira

Learning, Creating, and Using Knowledge
Formato: 6 x 9; 328 pgs
PB: 978-0-415-99185-8
HB: 978-0-415-99184-1

Pedidos: Taylor & Francis Books Inc.
orders@taylorandfrancis.com

Apresentação

This fully revised and updated edition of Learning, Creating, and Using Knowledge recognizes that the future of economic well-being in today's knowledge and information society rests upon the effectiveness of schools and corporations to empower their people to be more effective learners and knowledge creators. Novak's pioneering theory of education presented in the first edition remains viable and useful. This new edition updates his theory for meaningful learning and autonomous knowledge building along with tools to make it operational, that is, concept maps, created with the use of CMapTools and the V diagram.

The theory is easy to put into practice, since it includes resources to facilitate the process, especially concept maps, now optimised by CMapTools software. CMapTools software is highly intuitive and easy to use. People who have until now been reluctant to use the new technologies in their professional lives will find this book particularly helpful. Learning, Creating, and Using Knowledge is essential reading for educators at all levels and corporate managers who seek to enhance worker productivity.

Prof. Joseph Novak

Educação Científica: Controvérsias Construtivistas e Pluralismo Metodológico

ISBN 85-7216-413-8

Pedidos: EDUEL (Editora da Universidade Estadual de Londrina)
Biblioteca Universitária, 119p, 2005
distribuicao.editora@uel.br
http://www.uel.br/editora/

Apresentação

A experiência de trabalho do autores junto à pesquisa em educação científica levou-os a publicar, nas revistas da área, uma série de artigos com outros colaboradores, que gora estão reunidos numa única edição. Com a possibilidade de não estar preso ao número limitado de páginas das revistas, pôde se aqui revisar e avançar em algumas reflexões, ao mesmo em que se deu ao corpo de idéias uma maior continuidade e integração, fugindo, portanto, de uma simples justaposição de trabalhos anteriores. Esta publicação procura resgatar e colaborar com uma coletânea de análises divergentes que abordam os fundamentos epistemológicos e ontológicos construtivistas, quando estes se voltam à educação científica. Completando essas análises, busca-se contribuir com as críticas que vêm sendo feitas às orientações instrucionais fundamentas num disseminado pensamento pedagógico construtivista, que muito influencia a prática de ensino atual. O trabalho surge dessas críticas e é inspirado numa leitura epistemológica feyerabendiana, sugerindo assim uma abordagem para o ensino de ciências naturais, numa espécie de estratagema didático anárquico ou de “vale tudo” metodológico, o qual mostra-se potencialmente mais eficaz para a aprendizagem, na medida em que procura dar conta da complexidade de questões que surgem em sala de aula. Pelo interesse do tema desenvolvido, o livro pode ser aproveitado como instrumento de aperfeiçoamento da prática ou de formação do conjunto de professores e professoras que se dedicam à educação científica nos diferentes níveis de ensino, extrapolando a limitada esfera de pesquisadores.

Carlos Eduardo Laburú
Marcelo de Carvalho

Representações Mentais, Modelos Mentais e Representações Sociais

ISBN 85-904420-5-3

Pedidos: ienci@if.ufrgs.br

Apresentação

Os três textos desta coletânea foram inicialmente elaborados como material de apoio para estudantes do Programa Internacional de Doutorado em Ensino de Ciências da Universidade de Burgos, Espanha, desenvolvido nessa Universidade com a colaboração de pesquisadores do Grupo de Ensino de Física do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil, através de um convênio existente entre as duas Universidades.

Posteriormente, tais textos foram revisados para servir como material instrucional em dois minicursos sobre Representações Mentais e Representações Sociais, ministrados pelo organizador desta coletânea, um no II Encuentro Iberoamericano sobre Investigación Básica en Educación en Ciencias, realizado em Burgos, Espanha, de 21 a 24 de setembro de 2004, e outro no IX Encontro de Pesquisa em Ensino de Física, ocorrido em Jaboticatubas, MG, Brasil, de 26 a 29 de outubro de 2004.

Tanto no caso do doutorado como no dos minicursos a audiência esteve constituída por pesquisadores em educação em ciências, e é para estes que a presente coletânea se destina. Seu objetivo é fornecer subsídios teóricos para a pesquisa em educação em ciências, assim como alguns elementos metodológicos.

Os textos são indepententes; podem ser usados isoladamente sem prejuízo de compreensão ou continuidade. Por outro lado, estão correlacionados, pois modelos mentais são representações mentais e representações sociais são construções sócio-cognitivas.

Ressalte-se ainda, que, como não poderia deixar de ser em se tratando de textos de apoio, cada um deles inclui uma bibliografia básica sobre o assunto.

Marco Antonio Moreira

A Teoria dos Campos Conceituais de Vergnaud, o Ensino de Ciências e a Investigação Nessa Área

ISBN 859044202-0

Pedidos: ienci@if.ufrgs.br

Apresentação

Esta coletânea de artigos sobre a teoria dos campos conceituais de Gérard Vergnaud tem o objetivo de divulgar essa teoria entre professores de ciências e pesquisadores em ensino de ciências.

Embora tal teoria seja muito conhecida na área da educação matemática, ela é, ainda, praticamente desconhecida no campo do ensino de ciências e na pesquisa nesse campo.

No entanto, creio que bastará a leitura de apenas um desses artigos para que o leitor perceba a potencialidade dessa teoria como referencial teórico para interpretar as dificuldades conceituais dos alunos em ciências, para delinear estratégias que os ajudem a superá-las e para investigar a conceitualização no sujeito que aprende ciências.

Todos os artigos foram publicados, recentemente, em revistas de ensino de ciências, de modo independente. Em conseqüência, há um certo grau de superposição entre eles. Sua agregação em uma coletânea tem por finalidade facilitar a difusão do assunto e sua capacidade explicativa. Nesse sentido, considerando a complexidade da teoria, a repetição pode até facilitar sua compreensão através de uma diferenciação progressiva.

O primeiro artigo é basicamente descritivo da teoria, destacando seus conceitos e proposições fundamentais. O segundo retoma a descrição, mas vai além dela ao articular esquemas de assimilação e modelos mentais através dos invariantes operatórios, propondo, assim, uma integração de distintos referenciais teóricos que favorece uma melhor compreensão dos processos cognitivos postos em jogo na aprendizagem de ciências. Os dois outros artigos também descrevem aspectos da teoria, mas apenas o suficiente para fundamentar as pesquisas neles descritas.

Marco Antonio Moreira

Aprendizaje Significativo: Interacción Personal, Progresividad y Lenguaje

ISBN 84-96394-00-X

Pedidos: Servício de Publicaciones Universidad de Burgos
Servicios Centrales. Edif. Biblioteca Universitaria
Plaza de la Infanta Doña Elena, s/n
09001 Burgos, España
publicaciones@ubu.es

Apresentação

Este libro está constituído por tres ponencias presentadas en el IV Encuentro Internacional sobre Aprendizaje Significativo realizado en Maragogi, AL, Brasil, del 8 al 12 de septiembre de 2003.
Los autores se han puesto de acuerdo para que las tres ponencias fuesen complementarias y formasen un todo coherente. Sin embargo, como son ponencias independientes cada una tiene su propia estructura y no depende de las otras dos, lo que, inevitablemente, ha generado pequeñas superposiciones.
El objetivo de las ponencias, aquí presentadas como capítulos, es, por un lado, el de rescatar los significados originales del constructo aprendizaje significativo e insistir en ellos y, por outro lado, destacar el carácter progresivo del aprendizaje significativo, así como destacar el papel fundamental de la interacción personal y del lenguaje en su facilitación y consecución.
El mensaje que se quiere transmitir es que hay que prestar atención a los significados originales del constructo, por una parte, y por outra enfatizar la idea de que la interacción social y el lenguaje son mucho más importantes para alcanzar un aprendizaje significativo que cualquier estrategia didáctica específica. Asimismo, hay que tener siempre en cuenta la progresividad del aprendizaje significativo.

Marco Antonio Moreira
Mª Concesa Caballero Sahelices
Mª Luz Rodríguez Palmero

Aprendizagem Significativa: A Teoria de David Ausubel

ISBN 85-88208-76-8

Pedidos: editoracentauro@terra.com.br
http://www.centauroeditora.com.br

Apresentação

Este livro resulta de uma amizade e de um seminário, ambos tendo a ver com a teoria de Ausubel. A amizade nasceu de um encontro casual há muitos anos atrás. Conversa vai, conversa vem, descobrimos que havíamos usado a teoria de Ausubel como fundamentação teórica de nossas teses, uma no ensino de Física e outra no de Biologia. O seminário foi realizado em Campinas de 10 a 15/12/1978, com o patrocíonio da CAPES (Coordenação do Aperfeiçoamento do Pessoal de Nível Superior) e do antigo DAU (Departamento de Assuntos Universitários), sob o título "Seminário sobre Aprendizagem e Ensino ao Nível da Escola Superior". Na verdade, fou uma espécie de curso sobre as abordagens de Carl Rogers, B.F. Skinner, David Ausubel e Jean Piaget sobre a aprendizagem e suas implicações para o ensino. Ficamos encarregados da abordagem ausubeliana e, conseqüentemente, de preparar ou selecionar alguns materiais sobre a teoria de Ausubel que pudessem ser usados no seminário. Partimos logo para a preparação de um texto, pois sabíamos que, na época, pouco ou nada havia sobre Ausubel em português que servisse aos objetivos do seminário e que, por várias razões, não faria o menor sentido usar textos originais. chegamos, então, ao que se poderia chamar de versão preliminar deste livro: uma apostila mimeografada contendo um resumo da teoria e alguns exemplos. Discutindo como deveria ser essa apostila ocorreu-nos que, se ela passasse pelo teste do seminário, poderia ser revisada reformulada e ampliada de modo a tornar-se um pequeno livro sobre a teoria de Ausubel.

Marco Antonio Moreira
Elcie F. Salzano Masini

Analogias, Leituras e Modelos no Ensino da Ciência

ISBN 85-7531-216-2

Pedidos: escrituras@escrituras.com.br
http://www.escrituras.com.br

Apresentação

A idéia de reunir em uma única publicação o conjunto de textos que compõem este livro é o resultado de algumas interações frutíferas. Elas possibilitaram a intersecção de preocupações, objetivos e propostas de solução de problemas identificados no ensino da ciência.

O intercâmbio entre o Grupo de Pesquisa em Ensino de Ciências da Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista - Unesp, Campus de Bauru - e o Grupo de Estudo e Pesquisa em Ciências e Ensino da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - Unicamp - iniciou a colaboração na realização conjunta de trabalhos de investigação pelos organizadores dessa publicação.

Roberto Nardi
Maria José P.M. de Almeida

Aprendizagem significativa: condições para ocorrência e lacunas que levam a comprometimentos

ISBN 9788575852507

Pedidos: www.vetoreditora.com.br

Apresentação

Este livro propõe uma reflexão sobre o aprender que propicia ao ser humano o uso de sua capacidade de compreender e elaborar ou, em outras palavras, aprender com significado.

Em linhas gerais o que se oferece são subsídios teóricos e epistemológicos sobre o aprender em situação formal de ensino e em situações não especificadas, e discutir lacunas e comprometimentos do aprender com exemplos em diferentes áreas de pesquisa.

Os capítulos têm uma linha mestra que é sugerida no título do livro Aprendizagem Significativa: condições para ocorrência e lacunas que levam a comprometimentos.

Esta publicação terá atingido seu objetivo se alertar para a importância das condições oferecidas para que ocorra o aprender com significado e realizado sua meta central se ficar evidenciado que, para dimensionar comprometimentos no desenvolvimento da aprendizagem, é indispensável uma análise cuidadosa das lacunas nas condições requeridas para esse aprender.

Elcie F. Salzano Masini
Marco Antonio Moreira