• Uma máquina "gravitacional maravilhosa" que produz energia a partir de coisa alguma!


  • Meu caro professor, lhe trago, talvez, uma grande asneira ou, quem sabe, a máxima de que os loucos deste mundo são aqueles que mudaram o curso e quebra da realidade do mundo em que vivemos: http://www.rarenergia.com.br/


    Lang, sou formado em Engenharia Elétrica na UFRGS, e algumas vezes já conversei contigo. Gostaria muito que você avaliasse com carinho este link que te enviei. Um abraço.


    rarenergia







    Minha resposta inicial ao engenheiro: Já discutimos amplamente sobre o tema logo a seguir do momento em que esta "maravilha" foi anunciada em final de 2012. É interessante notar que as últimas notícias no endereço da "geringonça milagrosa" são de 2013 em Porto Alegre (vide comentário abaixo). Depois não há mais notícias e se a máquina funciona, bem que poderiam ter feito um vídeo da "maravilha" em movimento. Mas não há mais notícias. Ou eles se convenceram que a coisa não funciona, ou estão produzindo energia quietinhos. :-) O que achas?


    Resposta do engenheiro: Professor, acredito que neste mundo não existe nada pronto. Tudo se pode aprimorar e avançar ainda mais. A ciência tem papel primordial nisso. Mas, até onde sabemos, existem postulados, como o caso de não existir nada mais rápido do que a luz. Há também um postulado equivalente ao NÃO SER POSSÍVEL PRODUZIR ENERGIA utilizando a gravidade? :-) Um abraço, e obrigado pela atenção.


    Segue minha nova resposta: Para produzir energia a partir da gravidade exclusivamente, operando qualquer dispositivo em ciclo, sem uma fonte externa (como por exemplo a radiação solar no caso das hidroelétricas), há que se diminuir a energia gravitacional armazenada no campo gravitacional da Terra, o enfraquecendo então. E tal somente é possível consumindo a massa do planeta. Será por isso que eu me senti mais leve quando passei por perto do bairro São Geraldo onde está instalada a máquina? :-)


    Podemos crer em qualquer coisa mas crença não transforma devaneios em realidade.


    Sugiro que entres em contato com os inventores da "maravilha" para saber em que pé anda o projeto e se podes assistir o funcionamento da  máquina. E aí me passa a informação.


    Se a notícia for positiva, então com mais razão valerá aquilo que encontramos no Hino Riograndense: "Sirvam nossas façanhas de modelo a toda a Terra!"


    Nova resposta do engenheiro: "crença não transforma devaneio em realidade". Ótimo. ;-) Com certeza, professor, eu pretendo entrar em contato com eles. Então lhe trarei mais informações. Grande abraço  :-)


    Comentário final: Aguardo ansiosamente :-) o retorno!


    Comentário em 25 de abril de 2016: Na página da RAR Energia estão expostas desde dezembro de 2015 novas  e esmeradas figuras mostrando supostos aperfeiçoamentos da sofisticada engenhoca. Entretanto até agora nenhuma evidência de que a máquina "maravilhosa" funcione (por exemplo um vídeo mostrando a máquina em operação) foi apresentado. Há portanto mais de três anos de total imobilidade do moto perpétuo gaúcho. :-)




    Comentário em 04/04/2017: Uma defesa da possibilidade de tal máquina encontra-se em http://pesn.com/2015/12/18/9602705_David-Haack_Why-I-think-the-RAR-Enerngia-gravity-motor-works/


    Outras postagens sobre máquinas "maravilhosas":


    Eco-Cooler, o primeiro condicionador de ar ecológico! Será mesmo possível?


    Depois de muitos meses de tentativa, um construtor de um "maravilhoso" motor magnético comunica que ...


    Incautos são enganados pelos motores magnéticos "maravilhosos"!


    O milagre da pedalada: 1h pedalando supre as demandas residenciais de eletricidade de 1 dia!


    Carro movido a água: milagre ou empulhação?


    ALGUNS SONHOS SÃO APENAS DELÍRIOS PARA QUEM SABE UM POUCO DE FÍSICA! - Outra vez o motor magnético de Perendev


    Motor Magnético Perendev: fraude!


    O que é e como funciona um motor magnético?


    Alguém me explica como são possíveis os motos contínuos?


    A panaceia energética: vácuo quântico!


    Moto contínuo é possível sim!! ;-)


    "Docendo discimus." (Sêneca)






    Prof. Fernando Lang da silveira - www.if.ufrgs.br/~lang/



    Acessos desde 01 de outubro de 2015: 3882



    Voltar
    Assine o feed! Adicione aos favoritos! Imprima esta página! Indique por email!


    Pesquisar no CREF









    Total de acessos desde maio de 2013: 3214440